fbpx
Chow Chow

História e curiosidades:

A raça é conhecida por sua pelagem fofa e língua escurecida. Acredita-se que o Chow Chow é uma das raças mais antigas existentes. Originou-se na Mongólia e no Norte da China, sendo retratada em pinturas desde a Dinastia Han (206 a.C. a 220 d. C.). Esses cães eram utilizados para a caça e para proteger as posses de seus tutores. No final do século XVIII, comerciantes ingleses trouxeram a raça para o Ocidente pela primeira vez. Na década de 20, a raça se popularizou entre as celebridades.



Comportamento do Chow Chow:

É uma raça reservada, independente, teimosa e muito inteligente. Um Chow Chow, se não adestrado e socializado corretamente desde filhote, pode se tornar agressivo ou tímido com estranhos. Pode se dar bem com crianças se acostumado a elas desde filhote, mas tende a se adaptar melhor a famílias com crianças mais velhas.

Tamanho:

É considerada uma raça de porte médio e mede de 43 a 51cm, pesando de 18 a 31kg.

Pelagem:

A pelagem do Chow Chow é densa e arrepiada, com uma subcamada densa de pelo macio. A coloração pode variar entre vermelho, preto, azul, fulvo e creme. A pelagem precisa de manutenção constante, sendo necessária a escovação três vezes por semana para evitar o embaraçamento dos pelos e o mau odor. Após as épocas mais frias do ano, é comum que a raça solte bastante pelo.

Cuidados com a raça:

Assim como todas as raças, os Chow Chows são mais predispostos a ter alguns problemas de saúde. Atente-se principalmente à displasia de quadril e entrópio (inversão da pálpebra).

Fonte: DogTime

Faça um agendamento na clínica, hospital e pronto socorro veterinário 24 horas em SP!

Deixe um comentário