fbpx

Qual a importância do veterinário neurologista?

Por 26/11/2020Blog
Qual a importância do veterinário neurologista?

Mais sensíveis do que os seres humanos, os animais possuem um sistema nervoso central complexo e, muitas vezes, uma lesão pode trazer grandes problemas à saúde dos bichinhos. Dessa forma, o veterinário neurologista é o profissional responsável por diagnosticar e cuidar das doenças e alterações neurológicas dos pets. Saiba mais sobre essa especialidade.

O que é neurologia veterinária?

A neurologia veterinária é uma área de conhecimento da medicina veterinária que engloba o estudo, diagnóstico de patologias, tratamento e, eventualmente, cura do sistema nervoso central dos animais, que é formado pelos seguintes elementos: cérebro, cerebelo, tronco encefálico, medula espinhal e sistema nervoso periférico.

Hoje, boa parte dos diagnósticos neurológicos de um pet pode ser feita a partir de exames de imagem específicos, que, com toda a tecnologia existente, apresentam, dia após dia, resultados mais precisos e fáceis de serem interpretados pelos veterinários neurologistas.

Quais as principais doenças do sistema neurológico?

Todas as doenças do sistema nervoso veterinário são relacionadas ao sistema periférico e podem ser classificadas em três tipos: neuropatias, miopatias e juncinopatias. Apesar de serem associadas ao mesmo conjunto, elas podem ser localizadas em diferentes regiões e terem causas distintas, como traumas, infecções, neoplasias e problemas vasculares, metabólicos ou hereditários.

Neuropatias

Esse tipo de doença está diretamente ligado a problemas no funcionamento dos nervos, podendo causar, por exemplo, paralisia facial idiopática.

Juncinopatias

As doenças conhecidas como juncinopatias afetam o sistema neuromuscular, ou seja, na junção dos nervos e músculos. As patologias dessa categoria podem ainda ser subdivididas em pré-sinápticas (botulismo, paralisia causada por carrapato e envenenamento por serpentes) e pós-sinápticas (miastenia gravis e intoxicação por pesticidas).

Miopatias

As miopatias, por sua vez, são doenças caracterizadas por afecções e lesões nas fibras musculares, tendo como principais causas inflamações, disfunções metabólicas ou hereditariedade.

Quais os sintomas mais comuns em função de alterações neurológicas?

Diferentes dos seres humanos, os animais não falam, torna-se fundamental, portanto, observar alguns sinais para descobrir uma doença. Dos sintomas mais silenciosos e discretos aos mais chamativos e estranhos, pode configurar uma alteração neurológica quando um animal apresentar:

  • Agressividade;
  • Convulsões, que podem ser diferentes das humanas;
  • Fraqueza ou paralisia dos membros;
  • Falta de equilíbrio;
  • Falta de apetite associada a letargia;
  • Tremores;
  • Insônia;
  • Problemas respiratórios;
  • Surdez;
  • Cegueira;
  • Dores;
  • Intolerância a exercícios físicos;
  • Latidos/miados em alto som e frequência;
  • Rouquidão;
  • Permanecer no mesmo lugar por muito tempo;
  • Bater/tropeçar nos móveis ou paredes;
  • Andar em círculos atrás do próprio rabo.

A importância de um hospital veterinário 24h

Ao apresentar qualquer um dos sintomas listados, seu pet pode estar em uma emergência neurológica, e emergências não têm hora para acontecer. É muito importante, portanto, poder contar com um hospital 24 horas que ofereça suporte para atendimento completo, desde consultas e exames à medicação, internação e cirurgias.

Localizado em São Paulo, o Hospital Veterinário Rebouças é referência em pronto atendimento 24 horas e possui equipe completa de médicos e enfermeiros. Para quem precisa de um veterinário neurologista ou de qualquer outra especialidade, o pronto-socorro conta com uma rede ampla de unidades focadas em diferentes áreas, como cardiologia, dermatologia, ortopedia e outras.

Deixe um comentário