fbpx

Entenda como funciona a cardiologia veterinária

Por 22/02/2021Blog
cardiologia veterinária

Os pets contam com várias complexidades em seus corpinhos, entre elas, está a parte cardiológica, que diz respeito às questões do coração e da circulação dos animais. Assim como nós devemos cuidar do nosso coração, os pets também precisam, de modo que uma visita regular a um profissional da cardiologia veterinária é muito importante.

Não é preciso se preocupar com qualquer tosse ou respiração diferente. Porém, o ideal é que o tutor do animal fique atento a todas as movimentações dele, para que, caso realmente haja indícios de que há alguma coisa errada, leve-o a um profissional especializado.

Hoje, vamos ver tudo o que você precisa saber sobre a cardiologia veterinária e a importância dessa área. Acompanhe!

O que é cardiologia veterinária?

A cardiologia veterinária é a área de especialização que cuida da saúde do coração dos animais. O veterinário ajuda o pet em todo o processo de diagnóstico, prevenção, tratamento e outros aspectos ligados ao sistema cardiovascular.

A realização de exames é realizada por esse tipo de médico veterinário. Ele pode pedir uma série de exames para ver como está o coração do pet. Entre os principais exames pedidos pelo cardiologista, estão o ecocardiograma, o eletrocardiograma e demais exames clínicos que verificam o sangue do animal.

Tudo isso é realizado a fim de prevenir algum tipo de problema no coração ou, até mesmo, para que esses mesmos problemas possam ser prevenidos por meio de medicamentos, mudança de hábitos de vida do pet, entre outros.

Esse tipo de médico também pode ser o responsável por fazer cirurgias no animal, sendo que, para isso, ele precisa ter o conhecimento técnico cirúrgico cardiovascular. 

Quais quadros clínicos do pet o profissional analisa?

Existem muitos quadros clínicos analisados pelo profissional que cuida do coração dos animais. Entre os principais, estão:

  • Doença valvar degenerativa;
  • Cardiomiopatia dilatada;
  • Cardiomiopatia hipertrófica.

Qualquer uma dessas doenças são muito complexas e devem ser analisadas e diagnosticadas pelo cardiologista veterinário. Ele fará isso com a ajuda de exames, pela visualização do animal e também pelas informações fornecidas pelo tutor do pet.

A partir disso, é muito importante chegar até esse médico com toda a rotina do animal na cabeça, bem como com todos os sintomas que ele apresenta. É bom ficar atento a sintomas como a dificuldade de respirar do animal, língua roxa, emagrecimento muito rápido, entre outros.

A importância de levar o pet a um pronto-socorro veterinário

Se você tem um pet, deve saber que é muito importante ter um plano de ação para o caso de acontecer algum acidente com o seu animal. Além de acidentes, o pet pode ficar doente de uma forma muito rápida, ou apresentar comorbidades e sintomas graves.

Nesse momento, você tem que saber para onde levá-lo para que ele seja atendido da melhor forma possível e possa sobreviver sem qualquer tipo de sequela. Além disso, o atendimento rápido pode, até mesmo, salvar a vida do seu animal nos casos em que o problema é mais grave.

Dessa forma, o mais indicado é que você conheça e possa contar com um excelente pronto-socorro veterinário 24h. Esse local deve estar munido de profissionais de alto gabarito, bem como equipamentos e leitos para que o seu animal seja muito bem cuidado quando ele mais precisa.

Saiba mais: Entenda como funciona a internação de um pet de estimação

Hospital Veterinário Rebouças: o melhor para o seu pet 

Conheça o Hospital Veterinário Rebouças e conte com os profissionais mais qualificados das mais diversas áreas, inclusive da cardiologia veterinária. O Vet Rebouças, como também é conhecido, conta com um excelente pronto-socorro veterinário 24h e atende casos dos mais simples aos mais complexos. Entre no site e veja tudo sobre o Hospital Veterinário Rebouças.

Veja ainda: Entenda a importância de contar com um hospital veterinário 24h

Deixe um comentário