fbpx
Monthly Archives

maio 2021

Conheça o Mau Egípcio!

Por | Blog | No Comments

Veja nesse texto tudo que você precisa saber sobre a raça de gato conhecida por Mau Egípcio. Apesar do nome, a raça não traz perigo para os seus tutores, muito pelo contrário! Saiba mais sobre a história, curiosidades, características físicas e comportamentais abaixo:

 

História e Curiosidades

Conhecida como a mais veloz raça de gatos, é a única raça de gato doméstico que surgiu naturalmente. A palavra “mau” significa gato em egípcio, língua do povo que domesticou a raça há mais de 4 mil anos atrás. Segundo os artefatos encontrados, a raça era admirada e cultuada pelos egípcios, além de serem utilizados para caçarem patos.

Comportamento do Mau Egípcio

Uma raça muito inteligente e energética, precisa de muito exercício físico. Gostam de brincar na água e são excelentes caçadores. Afetuosos, gostam muito de passar o tempo com o tutor e se dão bem com outros gatos e crianças. No entanto, podem ser tímidos com estranhos.

Pelagem do Mau Egípcio

Possuem pelos de comprimento médio a longo. Sua pelagem é pintada, variando entre os tons prata, bronze ou cinza escuro. Soltam pelo de forma moderada, sendo recomendada a escovação semanal dos pelos.

Cuidados com o Mau Egípcio

O Mau Egípcio é, geralmente, um gato saudável, sem grandes predisposições a problemas de saúde. No entanto, é importante que o tutor atente-se à leucodistrofia e deficiência de piruvato-quinase.

 

Para saber mais sobre a raça de gato Mau Egípcio, procure um Médico Veterinário do Hospital Veterinário Rebouças!

Agora estamos em uma nova instalação em um novo endereço: Av. Rebouças, 1615.


🔎Fonte: The Spruce Pets, PetLove

Tudo sobre o Cavalier King Charles Spaniel

Por | Blog | No Comments

História e Curiosidades do Cavalier King Charles Spaniel:

Conhecidos por sua beleza, possuem uma história nobre. Seus antepassados eram amados pela nobreza europeia desde o Renascimento. Os reis britânicos Charles I e Charles II eram apaixonados pela raça, originando, assim, seu nome. Dizia-se que o Rei Charles II nunca saía de seu palácio sem pelo menos um de seus Spaniels e decretou uma lei que permite que esses cães possam frequentar qualquer local público, incluindo o parlamento inglês. Na era Vitoriana, a raça se tornou como hoje a conhecemos, a partir de cruzamentos com Pugs e Spaniels Japoneses.


Comportamento do Cavalier King Charles Spaniel:

Muito companheiros e amigáveis, amam ficar no colo de seus tutores. São atléticos e energéticos e gostam de correr e caminhar. Ainda sim, não são cães ideais para viverem em quintais, se adaptando muito bem a apartamentos. Extremamente inteligentes, se dão bem com adestramentos. São dependentes e não gostam de ficar sozinhos por muito tempo. Ao passear, mantenha-o sempre na guia, uma vez que por suas características atléticas, pode perseguir pequenos animais.


Tamanho do Cavalier King Charles Spaniel:

Considerado de porte pequeno, medem de 30,4 a 33 cm e pesam de 5,8 a 8 kg.


Pelagem do Cavalier King Charles Spaniel:

Possuem pelos de comprimento médio a longo, sendo encontrados nas cores rubi, preto e alaranjado, tricolor e Blenheim. Sua pelagem é de fácil manutenção, sendo necessária a escovação três vezes por semana para manter o brilho dos pelos e impedir o embaraçamento. Podem soltar mais pelos após as épocas mais frias do ano.

Cuidados com o Cavalier King Charles Spaniel:

O Cavalier King Charles Spaniel é, em geral, um cão saudável. No entanto, atente-se a problemas de saúde como doença da valva mitral, siringomielia e displasia coxofemural.


🔎Fonte: American Kennel Club, DogTime